segunda-feira, 25 de agosto de 2014

O Significado da Mandala

A palavra mandala vem do sânscrito e significa "círculo". Este círculo mágico, ou círculo de energia, é constituído por desenhos geométricos (ou não) que se inscrevem uns aos outros formando ou entrelaçando-se em imagens simbólicas e significativas.

O significado da mandala é a expressão visual do retorno à Unidade pela delimitação de um espaço - o espaço dentro do círculo - símbolo do "espaço sagrado".

A foma circular na mandala é uma regra e o ponto principal é o seu centro (que é equivalente a Deus) à origem, ao metafísico, ao mistério, o centro que está por trás de toda a natureza visível. É o nosso undo presente, dentro de um círculo.




Compre a Mandala Flor de Luz na nossa Loja Virtual

Pode-se dizer que o significado da mandala é o centro, o equilíbrio, a harmonia, a inteireza. Representa a individualidade. O centro simboliza o útero da criação, que é a quietude, a calmaria. A mandala cresce para fora a partir da calmaria, tornando-se um símbolo de harmonia inata, perfeição do Ser e um diagrama dos estados místicos internos.

Carl Gustav Jung considerou a mandala um arquétipo, um padrão associado a representação mitológica do Eu e afirmava que as mandalas simbolizam um refúgio seguro da reconciliação interior e da totalidade. As imagens visuais tem um forte impacto para o ser humano, podendo "criar uma ambiência interna, na psique, e externa, no ambiente, sendo parte integrante no nosso estilo de vida material, emocional e espiritual". Influem diretamente a nossa escala de valores e a nossa visão de mundo.

As mandalas pode, então, auxiliar no equilíbrio energético, tanto pessoal como de ambientes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário